quinta-feira, 14 de abril de 2011

AGRADECIMENTO.

Agradeço o apoio da OAB e de grande quantidade de colegas, recebido por ocasião do lamentável e constrangedor incidente ocorrido na data de ontem, em audiência com o MM. Juiz da 2ª Vara de Família de Campos dos Goytacazes, Dr. Ralph Manhães. De minha parte só me cabe lamentar e adotar as medidas cabíveis, o que já estou providenciando, mas foi confortador receber a solidariedade de meus pares.

9 comentários:

Luiz Rafael Grain disse...

Nobre amigo. ainda não tive a oportunidade de saber do ocorrido, mas estou do seu lado, para o que precisar. um grande abraço!

Anônimo disse...

gostaria que relatasse o ocorrido

Maxsuel Barros Monteiro disse...

Não pretendo fazer minha defesa neste espaço, pois vou tratar do assunto nas instâncias próprias.
Todavia, recomento a seguinte leitura:
http://www.estouprocurandooquefazer.com/2011/04/teje-preso.html

Pedro (D)KabraL disse...

Pelo pouco que fiquei sabendo, pelos diversos comentários acerca da pessoa autoritária envolvida, pela postagem do Claudio e pelo pouco que conheço do amigo, me solidarizo e torço para que o abuso do poder do "prendo e arrebento" não se perpetue.

Maxsuel Barros Monteiro disse...

Grato pelas manifestações.

Quero tomar emprestado um comentário feito a partir de uma postgem no blog de Dr. Claudio Andrade, segundo o qual:

""Quatro coisas devem ser feitas por um juiz: ouvir cortesmente, responder sensatamente, considerar sobriamente e decidir imparcialmente" (Sócrates)"

Foi tudo o que o Magistrado não fez.

Reflexões disse...

Dr Maxsuel, além do comentário postado no Blog do Dr Cláudio Andrade, fiz no meu próprio BLOG duas manifestações em solidariedade ao Senhor, conte comigo para o que precisar, estou do seu lado.

Estas atitudes nefastas devem ser veementemente combatidas!

Um grande abraço!

Reflexões disse...

Claro Dr Maxsuel estou do seu lado pro que der e vier, pode publicar sim!

Recebeu o email?

Um grande abraço!

Anônimo disse...

Prezado Maxsuel,

Li em alguns blogs, superficialmente, sobre o imblóglio ocorrido. Surpreendi-me, agora, ao perceber que o causídico aviltado pela contumaz falta de cortesia, conhecimento da legalidade e educação do citado Magistrado (que, ao visto, não merece ser designado como Excelência, muito menos como Meritíssimo)era o nobre colega, sempre tão polido e educado no trato com as pessoas.
Espero que você esteja tomando as medidas legais aplicáveis á espécie, bem como aguardo uma posição "firme" da OAB-Campos, pois este senhor, hoje sob a toga, necessita ser encaminhado ao seu devido lugar (como outro que há algum tempo deixou nossa Comarca, para nossa sorte!), até porque, mesmo na Capital, suas facetas e fanfarronices já estão despertando o Tribunal. Lamentavelmente não é o conhecimeno jurídico que forma um bom Magistrado, mas a firmeza de uma sólida base de caráter e senso de Justiça.
Um abraço.

José Eduardo.

Maxsuel Barros Monteiro disse...

Obrigado Amigo.

Claro que já tenho pronta uma representação ao Conselho da Magistratura, com cópia para CNJ, Orgão Especial do TJRJ, Corredoria Geral do TJRJ, Porocuradoria Geral do Estado, OAB Campos, Rio e Nacional.

Maxsuel